sábado, 12 de novembro de 2011

O Bom Dentista

Quando estava na faculdade, numa das clinicas de Periodontia, nosso orientador contou o caso de um paciente que elogiava seu dentista, que durante anos tratou seus dentes.
Tudo que o colega fazia ficava ótimo.
Canal, Restaurações, Coroas, PPR, etc.
Naquela conversa o elogio era para a dentadura que tinha acabado de fazer com o tal colega.
_Tirei todos os dentes e pus essa imediata que está show. Bonita, não machuca, não cai...
O professor contou este caso para exemplificar um caso de colega que não dava atenção a Periodontia.
Para ele, um bom profissional, nunca teria um paciente necessitando de Protese Total. Anos de relação deveriam ser suficiente para que o paciente mantivesse os dentes na boca. Pelo menos a maioria.
Anos tratando o paciente, e não conseguiu controlar a doença que acabou por levá-lo a Protese Total.
Sempre tive isso em mente, e a despeito da sentença de obrigação de resultado proferida contra um ortodontista, recentemente, sabemos que nem sempre o nosso melhor tem o melhor resultado. O paciente tem sua "enorme" parcela no resultado final.
Hoje, quase vinte e um anos depois da formatura, reavaliei a colocação do professor.
Desde recém, formada, atendo uma querida amiga de infância.
Diabética desde os vinte e poucos anos, dependente de insulina e nada disciplinada.
Restaurações, Endodontias, Tartarectomias foram muitas.
A doença periodontal apareceu e se agravou.
Fraturas e estética comprometida levaram a necessidade de Proteses individuais.
Outras fraturas, avanço da periodontite culminaram em coroas torais em todos os elemento superiores.
A indisciplina continuou.
Indiquei tratamento periodontal, mas, infelizmente, ela foi a uma colega do folheto da Bradesco Dental, e quando voltou... Nem é bom lembrar! Como Clinica Geral, faria MUITO melhor (não estou generalizando nada heim!).
Há alguns anos venho tentando manter os elementos em boca da melhor maneira possivel, mas fui vencida!
Hoje nós agendamos as Exodontias seriadas e a colocação de uma Prótese Total Imediata.
Devo dizer que estou dividida entre a tristeza e a alegria.
Alegria porque acredito que com a PT, minha querida amiga poderá recuperar a capacidade de mastigação e a estética.
Tristeza porque gostaria de ter tido um outro desfecho para essa história.
Fiz tudo o que pude. Tudo o que estava ao meu alcance, mas, não consegui motivar sua disciplina.
Espero que ela tenha essa consciência e possa elogiar minha PT também .

UPDATE: No dia 16/12/2011 fizemos as exo e a adaptação da imediata. Já ajustei 4 vezes e agora ela parece mais adaptada a nova realidade.
Eu ainda trabalho isso na minha cabeça!

Nenhum comentário:

Postar um comentário